As 9 melhores ferramentas para o Marketing Digital da sua empresa

Como vocês sabem aqui no blog eu procuro falar sempre sobre branding, naming e outras estratégias conceituais. Entretanto, sempre me deparo com pessoas que têm algumas dificuldades em assuntos mais práticos.

Por isso, hoje eu trouxe as 9 melhores ferramentas para fazer o Marketing Digital da sua empresa. 

São aquelas que eu uso no dia a dia (ou já usei bastante) e sei que vão servir bem.

Então, vem ver de perto quais são as 9 melhores ferramentas para fazer as peças de marketing digital da sua empresa. Fique confortável e aproveite a leitura.

1. Google Analytics

A ferramenta gratuita mais utilizada pelos profissionais de marketing digital. O Google Analytics tem como principal objetivo monitorar o tráfego de um site, e-commerce ou aplicativo.

Com ele é possível analisar relatórios-padrão e customizar os dashboards de acordo com a necessidade do seu negócio.

Além de te mostrar dados sobre a audiência do seu site, como idade, gênero, interesses, afinidades e segmento de mercado, ela oferece as seguintes informações:

  • Número de visitantes;
  • Páginas por sessão;
  • Tempo da visita;
  • Origens de tráfego, ou seja, de onde estão vindo os acessos do seu site (direto, orgânico, mídia paga, redes sociais, etc);
  • Metas alcançadas;
  • Como está o desempenho da sua loja virtual;
  • Quais as campanhas de marketing que estão gerando os melhores resultados.

2. Google Ads

Por meio do Google Ads, é possível criar campanhas de mídia paga nos canais do Google e seus parceiros. Ele oferece 4 tipos principais de anúncios: rede de pesquisa, display, anúncios no YouTube e anúncios de aplicativos.

Um dos seus grandes diferenciais são as diferentes opções de segmentações e escolhas de palavras-chave, o que ajuda a tornar a audiência cada vez mais qualificada para o seu conteúdo.

3. RD Station Marketing

O RD Station Marketing é uma ferramenta de automação de marketing brasileira que conta, entre outras funcionalidades, com a área de criação e envio de email marketing.

Você pode escolher a finalidade do seu email, se será uma campanha pontual, um Teste A/B ou até para um fluxo de automação.

Ainda há diversos modelos prontos, com layouts Básicos ou Temáticos para facilitar a criação das suas campanhas.

4. Ubersuggest

O Ubersuggest é uma ferramenta que é paga e bem completa (mas possui uma versão gratuita é mais limitada, que pode ser bem útil para quem está começando), tanto para quem quer ter ideias de palavras-chave, quanto para realizar análises de SEO no próprio blog/site ou dos concorrentes.

Se a sua empresa está buscando uma ferramenta para dar um UP inicial no marketing, o Ubersuggest é capaz de gerar insights de sugestões de conteúdo, performance de backlinks do seu site e dos concorrentes, bem como fazer avaliações de domínio para boas estratégias de marketing de conteúdo.

As 9 melhores ferramentas para o Marketing Digital da sua empresa

5. Benchmarketing

Não é uma ferramenta em si, mas uma prática. O benchmarking é essencial para obter insights sobre o marketing da empresa.

Ele consiste em pesquisar de forma sistemática as melhores práticas usadas pelos seus concorrentes para atrair, engajar e fidelizar clientes.

A partir disso, a ideia é fazer uma comparação com a sua empresa e identificar quais estratégias são eficientes e poderiam ser incorporadas no plano de marketing.

Dizendo de outra maneira, o benchmarking é um termômetro para avaliar a sua posição em relação à concorrência e uma fonte de inspiração e referência.

Para aplicar essa ferramenta, faça alguns questionamentos básicos:

  • Quais estratégias são usadas pela concorrência?
  • Como outras empresas se posicionam nas redes sociais?
  • Quais plataformas utilizam?
  • Que tipo de linguagem adotam para falar com o público?
  • Que tipo de interações o concorrente faz com os clientes?

A partir de perguntas como essas, você já pode iniciar o benchmarking.

6. Facebook Insights

Se você está no meio do processo de mapeamento da buyer persona ou então está com dificuldades de atingir as pessoas certas por meio de suas campanhas de marketing digital, o Facebook Audience Insights pode ser a solução.

Essa ferramenta gratuita pode ser acessada dentro do próprio Facebook. Com ela, você ganha uma compreensão mais profunda do seu público e, dessa forma, vai criar conteúdo mais relevante para os seguidores.

7. Ferramentas para construção de LP’s (Landing Pages)

As Landing Pages são páginas que têm como objetivo receber visitantes e convertê-los em Leads. É a partir dessa conversão que o visitante é transformado em contato ou em oportunidade de negócio.

Por meio das Landing Pages, ofertamos materiais relevantes ou outras moedas de troca que convençam o visitante a oferecer informações, como nome, email, telefone e empresa.

Com isso, é possível estabelecer um relacionamento com Lead, enviando a ele mais conteúdos de acordo com seu perfil e suas necessidades.

A pesquisa mostrou que 61% das empresas pesquisadas que utilizam alguma ferramenta de marketing digital, usam uma ferramenta de criação de Landing Pages. Dessas, 44,2% usam o RD Station Marketing.

8. SimilarWeb

Ferramenta de análise de monitoramento de competitividade, a qual fornece dados acerca das fontes de tráfego, melhores conteúdos, engajamento social e muito mais.

Há uma quantidade enorme de dados disponíveis no módulo gratuito, incluindo websites de referência, tráfego de pesquisa e palavras-chave, mas os pacotes — que começam por US$ 99,00 mensais — oferecem ainda mais dados.

9. Google Search Console

O Google Search Console é uma plataforma  gratuita para monitorar e preservar a presença de um site nos resultados de busca do Google. O Search Console oferece um dashboard completo com muitas informações importantes,que impactam diretamente no desempenho da página quando o foco é ranqueamento no mecanismo de busca do Google.

Abaixos estão as principais informações do Search Console para realizar uma auditoria de SEO:

  • Aparência de pesquisa (Search Appearance): Como o Google está lendo cada parte das páginas – títulos, descrições, imagens etc.;
  • Tráfego de pesquisa (Search Traffic): O que as pessoas estão procurando no Google que as leva a clicarem (ou não) no seu site;
  • Índice do Google (Google Index): Como está o desempenho do Google em indexar as páginas do seu site e identificar as palavras-chave que mais aparecem;
  • Rastreamento (Crawl): Quais são os problemas robôs do Google estão tendo na hora de vasculharem as páginas do seu site em busca de conteúdo relevante;
  • Problemas de segurança: Notificações de problemas de segurança detectados em seu site.

Prontinho. Agora você já tem uma lista bem completa de ferramentas para fazer as diferentes etapas de marketing da sua empresa.

Quero reforçar que este artigo não é Publicidade nem sequer tenho qualquer relação com os responsáveis por estas ferramentas. Se eu dei a dica é porque elas são boas de verdade.

Quer ler mais conteúdos como este? Então, continue acompanhando o Blog.

Estou sempre trazendo dicas, notícias e novidades sobre as marcas fortes.

Agradeço a leitura e até a próxima. 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Daltro Coutinho

Daltro Coutinho

Sou um investigador. Meu trabalho é encontrar caminhos para que marcas e pessoas se diferenciem e alcancem lugares de destaque em mercados cada vez mais competitivos e populados. Afinal, ninguém se destaca sendo exatamente como os outros.