Li o relatório mais importante de Marketing do ano e te conto o que achei!

Daltro Coutinho
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Li o relatório mais importante de Marketing do ano e te conto o que achei!

O relatório de marketing mais importante do ano se chama State of Inbound Marketing 2022 e foi feito com a união de esforços entre HubSpot, Rock Content, Litmus e Wistia. Nele, mais de 1600 profissionais foram responsáveis pela coleta e trabalho dos dados.

Ele mostra coisas, como:

  • Canais que os profissionais do Marketing preferem;
  • As estratégias de marketing que tem mostrado melhores resultados
  • As tendências do Marketing.

Eu li o relatório e trago 6 pontos relevantes descobertos por essa equipe. Vem comigo!

Lições importantes para criar uma cultura criativa na sua empresa

Os orçamentos em marketing cresceram

Quase 48% dos profissionais de marketing apontaram que seus orçamentos cresceram em 2022. Isso significa que a competitividade pela atenção do público segue ficando cada vez mais difícil.

O relatório também mostrou que os profissionais de marketing conseguem trabalhar com mais eficiência, em decorrência do aumento desse investimento.

As leis de privacidade melhoraram as coisas para o bom marketing

Duas leis de privacidade online entraram em vigor nos últimos anos, a nossa LGPD aqui no Brasil e a GDPR na Europa. Com isso, ficou mais difícil para as empresas coletarem dados dos seus leads.

Assim, o marketing ganhou espaço para fazer isso da maneira que ele sempre soube: com boa publicidade. Com conteúdos interessantes e com estratégias para gerar engajamento.

Lições importantes para criar uma cultura criativa na sua empresa

Conteúdos divertidos e interativos estão no topo

Eu acho que isso não chega a ser um segredo para ninguém, mas o sucesso dos conteúdos interativos e divertidos segue aumentando.

Com isso, os profissionais de marketing observaram melhores respostas quando as marcas investem em estratégias focadas nessas duas verdades: diversão do usuário e interação com o conteúdo.

Tem mais, cresce ano após ano o desinteresse em conteúdos estáticos, como e-books, whitepapers, etc.

Lições importantes para criar uma cultura criativa na sua empresa

Qualidade importa mais do que a quantidade, se você quiser admiradores

Vamos lá, agora chegamos em um momento importante dessa informação. Para 83% dos profissionais de marketing entrevistados, a qualidade gera mais admiradores do que a quantidade.

Ou seja, uma marca que posta conteúdos feitos com base em boas pesquisas, em profundidade, em realmente qualidade, ganham admiradores. Basta imaginar os podcasts que são verdadeiros documentários e vivem bombando, o da vez é A Mulher da Casa Abandonada.

Agora, se você quiser tração e velocidade, então a quantidade segue vencendo. 

Todos os profissionais sentem dificuldades em gerar engajamento

Outro ponto importante está no fado dos profissionais assumirem que sentem dificuldades em gerar engajamento. Nota-se um desinteresse grande do público por parte dos conteúdos sabidamente comerciais.

Portanto, o marketing vem cada vez mais transformando seus conteúdos para tirar a cara de propaganda deles. De modo a conquistar esse engajamento tão difícil.

Auditoria de marca? Entenda se você precisa de uma

Tráfego orgânico continua em primeiro lugar

E a mais nova ótima notícia é que o tráfego orgânico segue em primeiro lugar como a melhor fonte de leads para as marcas. Cerca de 27% de toda fonte de tráfego ainda vem do orgânicos. Os outros 73% estão divididos entre as inúmeras modalidades de tráfego pago.

Isso é ótimo para as empresas que pensam no longo prazo e sabem que elaborar uma boa estratégia de Inbound marketing é como plantar sementes para um futuro mais seguro.

Entretanto, o estudo também aponta que a sua melhor solução é investir em um lugar seu. Ou seja, o site da sua empresa, seu blog, seu podcast.

Contar apenas com os algoritmos das redes sociais é a receita para ter um tráfego inconstante e imprevisível. Já que as redes estão mudando a todo momento.

Gostou da minha análise sobre o relatório. Caso queira ler ele completo (em inglês) basta clicar aqui. 

Agradeço a sua visita e até a próxima! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *