Branding de verdade,
da construção à gestão

para microempresas e

profissionais liberais

E tudo começa no diagnóstico…

“Onde você está?” e “Onde você quer chegar?”.

 

No diagnóstico de marca, responderemos essas perguntas.

 

Você provavelmente acha que o mais importante do processo é a segunda pergunta (Onde você quer chegar?). No entanto, sem a resposta da primeira é impossível respondê-la.

 

Por isso, começamos pelo diagnóstico de marca.

 

E que tal a idéia de fazer um diagnóstico gratuito?

 

É só clicar no botão abaixo, que posso fazer isso pra você!

 

… E aí vem a estratégia.

No diagnóstico, nós vamos escolher para onde sua marca deve ir no futuro.

 

Depois disso, é claro, precisamos escolher o caminho. E é aí que entra a estratégia. Aqui, definiremos o posicionamento da marca e a plataforma sob a qual ele vai se manter.

 

Basicamente, nessa etapa escolheremos como a sua marca vai se diferenciar da concorrência, e como isso deverá ser comunicado.

Identidade de marca

Com um posicionamento definido, começa a criação da identidade da sua marca. Este é o primeiro passo para tornar sua marca mais relevante.

 

E eu não estou falando só da identidade visual.

 

Falo da identidade verbal (naming, tom de voz, etc.).

 

Identidade visual (logotipo, manual de marca, etc.).

 

Identidades fotográfica, publicitária, arquitetônica… Enfim, tudo que a sua marca precisar para expor seu posicionamento.

A cereja do bolo: gestão de marca

Mais do que só uma marca, sua marca deve ser um organismo vivo! Ou seja, deve estar em constante evolução.

 

E uma evolução saudável, para a marca, só acontece com uma gestão competente.

 

Por isso, você terá manuais indicando como a marca deve ser gerida e, se preferir, ainda pode contar comigo para te ajudar!

 

É claro, cada uma das etapas pode ser contratada separadamente, e tem “entregas” diferentes.

 

Se quiser saber mais, não tem como fugir. Você vai precisar falar comigo!

Quer bater um papo?

Ah, não precisa se preocupar em preencher formulário de contato, mandar e-mail ou nada tão formal assim.

 

Claro que você pode, se quiser! Eu não vou te impedir.

 

Mas eu recomendo que você acesse meu Facebook e me mande uma mensagem pelo chat!

 

Assim podemos conversar numa boa, sem tanta formalidade.

 

Eu sempre respondo rápido, pode ficar na boa!